Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mumbles

mumbles

 

 

O GATO

 

 

Deus tentou um poema... e foi O Gato

 

O que lhe nasceu quando escrevia!

 

Por isso o gato tem essa magia

 

Que nos encanta, mesmo sendo ingrato...

 

 

Parece ser um animal pacato

 

Mas desde que ganhou autonomia

 

O gato tomou logo a primazia

 

E pôs o mundo inteiro em desacato!

 

 

Uns chamaram-lhe deus, outros diabo...

 

Por uns foi adorado, outros tentaram

 

Dizimar, por inteiro, a sua raça!

 

 

Ainda hoje o gato, qual nababo,

 

É rei, mesmo dessoutros que o negaram,

 

Pois vai-os conquistando pela graça...

 

 

 

Maria João Brito de Sousa in http://poetaporkedeusker.blogs.sapo.pt/

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.