Quarta-feira, 2 de Julho de 2008
O APRENDIZ
 
 
 
Aprendiz eterno de ti sou eu
Outrora perdido na minha vida
De barreiras inquebráveis construída
Onde nenhum sonho sequer nasceu

O que digo eu a quem me renasceu
Feitiço divino, foi a minha sina
Da pedra se fez água cristalina
Que no coração o gelo derreteu

Sei que foi o teu lindo e doce sorriso
Que me fez crescer e perder o juízo
Para te pedir somente o teu nome

E foi assim sem dó nem sequer aviso
Que vi que este chão que hoje eu piso
Deixou de ser só um simples pronome
 
.
Jangadadecanela - Luís
 
 
 

I mumble because I feel:

publicado por Maria João Brito de Sousa às 13:27
link do post | mumble too! | How we mumbled:

6 comentários:
De jangadadecanela a 2 de Julho de 2008 às 14:08
obrigado pelo privilégio Maria João...

Já tudo te dei menos quem eu sou
Já tanto te amei, tanto que sonhei
Ilusão de amor do qual nada sei
Estrela no céu que nunca brilhou

Agora perdido não sei onde estou
Duvido de mim pelo que pensei
Será que foi pouco tudo o que dei?
Estarei já cego ou o dia eclipsou?

Tempestade de areia que me assola
Que perturba a ideia e a pele esfola
Queimada por sol que já não tem dó

Deserto de vida em que nada rola
Sem água nem pão nem sequer esmola
Onde só rastejo, onde vivo só
...


De Maria João Brito de Sousa a 2 de Julho de 2008 às 15:58
Bem! Outro soneto líndissimo. Posso publicar no post de amanhã?
Estás aqui estás a produzir tanto como eu! Este soneto tem verso maioritariamente acentuado na 5ª e 10ª sílabas métricas, o que lhe confere uma melodia muito particular. era a métrica favorita do Robert Burns, um grande poeta escocês que influenciou a filosofia do movimento Flower Power. É uma métrica muito poco usada no soneto clássico e confesso-te que a considero muito díficil.
Abraço!


De jangadadecanela a 2 de Julho de 2008 às 16:16
Olá Maria João, mais uma vez é um privilégio... devias ver-me... estou todo babado.... :)))))

decerto errei no nº de silabas métricas embora tenha tentado acertar... e tentei seguir a regra que tinhas indicado de acentuar a 5ª e a 10ª silaba... demorei cerca de 45m a escreve-lo... apaguei e reescrevi muita coisa... e tens razão, depois consegue-se cantar o soneto...

um grande abraço, adoro aprender...
Luis



De Maria João Brito de Sousa a 2 de Julho de 2008 às 16:36
Luís, ainda bm que estás contente e conseguiste uma métrica que, na minha opinião, é mais difícil que a do verso heróico. A do verso heróico põe as tónicas predominantes na 6ª e na 10ª. A 5º e a 10ª não são comuns em soneto clássico e eu fiquei espantada quando descobri a tua melodia, bem mais difícil de conseguir que a camoniana. As novidades sobre o novo Pc estão no poetaporkedeusker e eu já levei um puxão de orelhas por causa disso... lol
Abraço!


De jangadadecanela a 2 de Julho de 2008 às 17:09
vou continuar a tentar... e se puderes e tiveres tempo, corrige-me sempre que errar algo...

um abraço,
Luis


De Maria João Brito de Sousa a 2 de Julho de 2008 às 17:19
Também é uma questão de tempo. Os meus primeiros sonetos eram uns verdadeiros desastres métricos!lol


Comentar post

See how I mumble...
Look for mumbles
 
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


My last mumbles...

TODOS NÓS, SERES DE DIREI...

MARCHA PELOS DIREITOS DOS...

BLOG EM GREVE

COMUNICADO DA ASSOCIAÇÃO ...

BASE DE DADOS DE APOIO AO...

TOURADAS NA TELEVISÃO? NÃ...

CORDÃO HUMANO CONTRA AS T...

LANÇAMENTO DO LIVRO "PEQU...

MARCHA ANIMAL - 14 de Abr...

GREVE GERAL!

every single mumble

Junho 2013

Abril 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Abril 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Those who make me mumble

“O mar tem… tal poder”

REDENÇÃO

Chico Buarque - Construçã...

OBRIGADA! MUITO OBRIGADA,...

É DAQUI QUE TE ESCREVO...

MAIS «NOVE ARGUMENTOS CON...

SOPHIA (1919 - 2019)

EXTRAORDINÁRIA «CONTESTAÇ...

O "ACORDO" QUE NINGUÉM QU...

Momento Poético - 62

links
why I mumble
MUMBLES
Whenever it might be needed!
blogs SAPO
subscrever feeds